MinhaHistC3B3ria2C2BAano28229

Outros documentos de nossa história

Existem documentos que registram nossa existência perante à sociedade, são eles: certidão de nascimento, carteira de vacinação e RG. No entanto, existem outros documentos que mostram ou nos fazem lembrar os acontecimentos da nossa vida, como fotos, roupas, DVD, brinquedos, chupetas… 
Cada aluno do 2º ano levou alguns desses documentos e compartilharam entre si um pouco da própria história. 
Matérias relacionadas:
IMG-20160321-WA0007

Dia de São Patrício

No dia 17 de março é comemorado o dia de “Saint Patrick”, data em que acredita-se que ele tenha morrido. Essa é uma festividade de origem irlandesa, estudada pelos alunos da 1.ª série do ensino médio durante a aula de inglês com a professora Lilian.

Sabe-se que São Patrício nasceu na Grã-Bretanha e que foi sequestrado e viveu seis anos como escravo na Irlanda, após este período conseguiu escapar e foi para um mosteiro no sul da França para estudar sobre o cristianismo. Depois disso, voltou para a Irlanda com o intuito de cristianizar os pagãos da região. Tentaram prendê-lo novamente, mas ele sempre escapava, foi missionário na Irlanda por 30 anos.
Para facilitar sua explicação sobre a Santíssima Trindade, Patrick usava um trevo de três folhas e explicava ao povo que Deus é apenas um, mas ainda assim, constituído por três (Pai, Filho e Espírito Santo). Ficou famoso por suas explicações e por cristianizar grande parte da população. Ao morrer foi considerado o Padroeiro da Irlanda.
Devido ao grande número de irlandeses nos E.U.A., essa festividade foi levada para o país e hoje é comemorado seu dia com muito verde (cor da Irlanda). Em vários países falantes da Língua Inglesa também há a comemoração de Saint Patrick, devido às colonizações.


Nesse dia, as pessoas distribuem trevos, bandeiras verdes, usam roupas verdes, bebem bebidas verdes e até mesmo pintam rios e lagos de verde. Tudo em homenagem ao Santo Padroeiro.
Alguns atribuem a Saint Patrick a figura de um Leprechaun. Provavelmente essa crença venha da tradição Celta, muito forte na Irlanda.

 

JogosEducativos2C2BAano281629

Informática Educativa

Além das aulas regulares, a sala de informática é utilizada para que através de jogos e atividades educativas os alunos possam relacionar os conteúdos aprendidos. O portal SER da Abril Educação, disponibiliza diversos jogos para esse fim: rever os temas das disciplinas estudadas através das apostilas de modo interativo e criativo. 
Em uma única aula, a turma do 2º ano conseguiu trabalhar melhor o conteúdo de matemática: sólidos geométricos e geografia: direitos e deveres.

ConcursoLiterC3A1rio

Oficinas Literárias – Porto Aprendiz

Até o dia 16 de março, é possível que qualquer pessoa se inscreva para participar das oficinas oferecidas pelo Concurso Literário de Praia Grande, que está em sua segunda edição. Os participantes do Concurso Literário não são obrigados à participar, o objetivo das oficinas é apenas auxiliar os concorrentes ao prêmio ou interessados em geral, mostrando os gêneros disponíveis: conto, poema, charge e artigos de opinião. Todas as oficinas acontecerão no Porto Aprendiz, localizado na Rua Jaú, 1158 – Boqueirão.

O professor de redação, Flávio Santos, será um dos palestrantes na oficina de contos. Vale ressaltar, que todos os alunos do fundamental II participarão em uma das categorias.

Participe do Porto Aprendiz
Faça sua inscrição para o Porto Aprendiz:

Matérias relacionadas:
DudaBocudacartaz281529

Desenhando a Duda Bocuda

Na biblioteca do colégio, os alunos do 2º ano fizeram duas atividades. 

A primeira foi ter o ajudante do dia como contador do livro paradidático do bimestre. 

E a segunda, a criação de um desenho que mostrasse a personagem Duda Bocuda, do livro homônimo. Através de desenho era necessário representar as características de Duda.

CiC3AAnciasFototropismo28529

Fototropismo

Divididos em grupos, os alunos do 7º ano fizeram uma experiência para entender na prática o significado do fototropismo. A atividade foi desenvolvida ao longo de sete dias, sendo elaborada e discutida durante três aulas.

Na primeira aula, com a ajuda da professora Mariana, os grupos prepararam as mudas de feijão e as caixas de papelão. Deixando algumas plantas na parte escura da caixa e outras na parte aberta. A segunda aula serviu para que observassem. E na terceira aula, depois de analisar os resultados de cada grupo, preenchessem um relatório que levou os alunos à uma reflexão mais profunda.

O interessante foi perceber que tanto a planta que ficou no escuro, como a planta que ficou no claro, cresceram em direção à luz solar. Isso acontece porque elas precisam da luz para realizar o processo de fotossíntese, e é através desse processo  que elas conseguem produzir a glicose, seu alimento.

Leia também: