linha-pequenas-flores

Dia Internacional da Mulher

Em comemoração ao dia 8 de março, o professor de técnicas de redação Flávio Santos pediu para que seus alunos do 7º ao 9º ano fizessem acrósticos sobre o “Dia Internacional da Mulher”, alguns alunos fizeram uma homenagem incluindo no acróstico o nome de uma mulher especial, seja a mãe, avó, tia…   
O acróstico é um gênero textual com característica predominantemente descritiva, é uma composição poética em que as letras iniciais dos versos, se lidos verticalmente formam palavras ou frases. Abaixo os trabalhos dos alunos em ordem alfabética: 

Ana Beatriz – Homenagem à Ana Paula

http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5191227

Bianca – Homenagem à Maria
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5191138

Brenno – Homenagem à Renata
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5191209

Diogo – Homenagem à Marta
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5191238

Douglas  – Homenagem à Flávia
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5182796

Gabriela
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5186287

Giovanna – Homenagem à Vanessa
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5191607

Gustavo R. – Homenagem à Cristiane
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5185329

Gustavo S. – Homenagem à Cristina
Lays – Homenagem à Cláudia
Luiza – Homenagem à Jane
Nicole – Homenagem à Lourdes
Nicole T. – Homenagem à Ingrid

Sara – Homenagem à Mariane
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5186832

Thaís – Homenagem à Andreia
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5179122

Thayna – Homenagem à Neide
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5191136

Victor

Vinnicius
Vitória – Homenagem à Vanessa
IMG-20150326-WA0008

Que horas são?

Sabemos das dificuldades que as crianças tem em aprender a ver as horas em relógios de ponteiros, por isso a professora Crislaine fixou um relógio de E.V.A. no mural da sala e em alguns momentos reforça o ensino.

IMG-20150401-WA0007

Explorando o Universo

Na aula de ciências, a professora Alessandra ensinou às meninas do 5º ano sobre o sistema solar. Então, aproveitando a sugestão da própria apostila, fizeram uma experiência: simularam o lançamento de um foguete, para entender melhor como ele é enviado ao espaço.

Para essa experiência utilizaram uma bexiga presa em um barbante. Ao soltar o pregador que estava na boca da bexiga, esta deslisa por todo o barbante.

IMG-20150401-WA0009

Jogo dos Potinhos

Reconhecer a adição como operação matemática de juntar, acrescentar uma quantidade a outra, utilizar objetos ou o cálculo mental para resolver as adições, além de respeitar as regras do jogo para brincar foram os objetivos do JOGO DOS POTINHOS, brincadeira proposta pela professora Viviane à turminha do 2º ano.

IMG-20150330-WA0003

Jogo da Cadeia Alimentar

Os alunos trabalharam em equipes, onde deveriam formar um esquema de cadeia alimentar. A equipe que conseguisse acertar mais esquemas na rodada ganhava um ponto. A turma do 4º ano gostou tanto que não queriam mais parar de jogar.

ArquivoExibir

Bruxa Onilda na escola

Já imaginou ser bruxa e ir à escola fazer magia? E seus colegas não fossem bruxos? Teriam medo de você? Ou gostariam das bruxarias? 
A história “A infância da Bruxa Onilda” conta o que aconteceu quando ela foi à escola comum pela primeira vez. 
Os alunos do 3º ano se divertiram com a história e em seguida desenharam um chapéu de bruxa utilizando os conhecimentos adquiridos nas aulas de matemática em sólidos geométricos.

Matérias relacionadas:

DSC02885

Microscopia Óptica

No dia 31 de março, durante a aula de biologia o professor Alexandre fez uma introdução à microscopia óptica.
Os alunos desenvolveram atividades de aprendizado sobre o funcionamento mecânico e ótico do microscópio, e, em seguida, realizaram a prática de observação de espécimes para o treinamento em aumentos de 40x, 100x e 400x. Os alunos esquematizaram em folha os objetos observados nos três aumentos.

11010977

Eu sou muito pequena para a escola

Será que alguém nesse mundo ainda não assistiu o maravilhoso desenho dos irmãos Charlie e Lola? O Charlie é o irmão mais velho que conta as peripécias de sua irmãzinha fofinha e encantadora Lola.
No livro Lola está receosa, mas não assume, inventa que é pequena demais, que tem coisas para fazer em casa, que não precisa aprender a ler e a contar. Depois tenta ir à escola usando uma fantasia de crocodilo, diz que não vai comer na escola, que seu amigo imaginário está com medo de ficar sozinho… Charlie como bom irmão, lista diversas ocasiões em que Lola precisará utilizar os conteúdos aprendidos na escola.

Os alunos do 2º ano fizeram um desenho livre após a leitura do livro.