Jogo da Memória G e J

O  Jogo da Memória foi produzido durante a aula de português, como proposta para trabalhar o conteúdo ortográfico, utilizando palavras com G e J. Os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental I, adoraram brincar e reforçar visualmente a escrita de tantas palavras do dia a dia. Esse jogo tem como objetivos: estimular a memória; desenvolver o raciocínio lógico; desenvolver a capacidade de observação e concentração. 

Carta para o Futuro 2022

O que é uma carta? Como escrever uma? Em nosso mundo globalizado, cheio de mensagens instantâneas, priorizar os valores e priorizar nossas lembranças é algo essencial. 
 
Para isso, o professor de redação Flávio dos Santos, coordenou a execução de CARTAS PARA O FUTURO com a turma do 6.º ano. Depois de escrever uma carta expressando seus anseios, sonhos e objetivos para o futuro, levaram objetos, imagens, fotos e colantes que marcaram seu nascimento, infância e adolescência, para anexar à carta, além de adornar o envelope. 
 
A caixa só será aberta no último ano do Ensino Médio, em 2022.

O Jogo das Cantigas

Depois de recortar as cartas disponíveis no material didático, as cartas maiores ficaram viradas para baixo, enquanto que as cartas menores foram distribuídos entre os jogadores. O primeiro aluno a participar retirou uma das cartas maiores, e cantou a cantiga escrita, pulando as palavras que faltavam. Quem tinha a carta com as palavras que completam a cantiga, fica com o par de cartas para si.

Esse jogo foi uma forma de conhecer as cantigas da nossa cultura de uma forma descontraída.

Princesa Arabela, mimada que só ela

Você conhece crianças mimadas que tem tantas, mais tantas coisas que não sabem nem o que querem ganhar, não acham graça em nada? A princesa Arabela tinha tantos brinquedos que de aniversário resolveu pedir algo inusitado, um elefante! 

A turma do 5º ano, após ler essa história, escreveu um resumo utilizando o editor de textos Microfoft Word, um dos alunos fez também uma ilustração da princesa mimada.

Os Lusíadas

O trabalho interdisciplinar entre Língua Portuguesa e História, propôs aos alunos do 8º ano a leitura do livro paradidático “Os Lusíadas”, poema épico de Luiz Vaz de Camões para compreender, com a ajuda da literatura um pouco da influência portuguesa em nossa cultura.

O resultado final dessa atividade de leitura e análise dos textos, foi a pintura em tela de uma cena escolhida pelo próprio aluno.


A Maldição do Tesouro do Faraó

O trabalho interdisciplinar entre as matérias de Língua Portuguesa e História, propôs aos alunos do 6º ano a leitura do livro paradidático “A maldição do tesouro do faraó”, relacionado com conteúdo do curso de história, cultura do Egito Antigo, apresentado no decorrer do 2º bimestre.

O resultado final dessa atividade de leitura e análise dos textos, foi a pintura em tela de uma cena escolhida pelo próprio aluno.