Quem Tem Boca Vai Ao Timor

Os alunos do 6° ano tiveram uma atividade interdisciplinar, por meio do livro “Quem tem boca vai ao Timor, uma aventura pelo mundo da língua portuguesa.”

Nas aulas da professora Carolinne, a turma leu a obra e trouxe informações pesquisadas previamente sobre um país cujo o idioma oficinal fosse a língua portuguesa, com exceção de Brasil e Portugal, para que assim cada um pudesse conhecer a diversidade cultural de outros países que falam o mesmo idioma.

Já nas aulas de geografia com a professora Lislaine, fizeram viagens para esses mesmos países através das ferramentas digitais e identificaram os aspectos naturais e sociais das paisagens dos mesmos países.

No livro temos os personagens Beto e Carminha, que são primos, mas moram muito longe um do outro – ele, no Brasil; ela, em Portugal. Ambos falam o mesmo idioma, mas vivem se provocando por conta das diferenças entre as variantes europeia e brasileira da Língua Portuguesa. Em uma emocionante viagem pelos países que falam português, esses dois lelés da cuca, ou giras, irão protagonizar uma narrativa bué da fixe, ou seja, muito legal! Os leitores se divertirão com as pistas e brincadeiras do livro, além de aprender um pouco mais sobre a lusofonia e o principal elemento que nos une a tantos outros países no mundo: o idioma português.

Simsalabim

Quer saber qual o segredo do penteado da Cachinhos Dourados? Ou então dos longos e fortificados cabelos da Rapunzel? O que pensam os personagens do folclore brasileiro sobre seus pares dos contos de fada? Qual a nova modalidade de esporte do mundo do faz de conta? Tudo isso e mais um pouco você encontra no livro SIMSALABIM, que é a revista do mundo do “Faz De Conta”!

Com esse livro tão legal, os alunos do 2.º ano fizeram várias atividades, entre elas: Receitas Monstruosas e Notícias Bombásticas.

Escambo Literário

A ideia do escambo literário foi promovida pela professora Deborah com a intensão de fazer os livros circularem, oportunizando a leitura de novas histórias. Cada aluno do 2.º ano levou um livro para a escola e, depois da exposição dos títulos, cada um escolheu o que gostariam de levar para casa.

É tudo invenção

O livro paradidático do 1.º bimestre da turma do 5.º ano foi: “É tudo invenção”.

Como foi inventada a piada? O assobio? O sapato? A canção? Os poemas de Ricardo Silvestrin propõem respostas divertidas a essas (e outras) perguntas. 

Como atividade de encerramento do bimestre, cada aluno da turma apresentou um dos poemas do livro.

Gato Xadrez

Qual é a melhor forma de comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil? Lendo um livro! A professora apresentou à turma do 5.º ano o livro da escritora Bia Villela, em seguida recontou a história utilizando um recurso diferente.

Momento da Leitura

Nada melhor para treinar a leitura do que ter contato com livros. Esse espaço de leitura do colégio, voltado exclusivamente para os alunos do Ensino Fundamental 1, foi aproveitado pela turminha do 2.º ano.

Sussurofone

Para praticar a leitura de contos de forma individual, a professora Akemi disponibilizou, para seus alunos do 3.º ano, o “Sussurofone”. Esse excelente instrumento confeccionado artesanalmente com canos de PVC faz lembrar um telefone antigo e, apenas com o sussurro em um de seus orifícios retorna o som de modo a ser ouvido alto e claro.