3.º ano sussurrafone (0)

Sussurofone

Para praticar a leitura de contos de forma individual, a professora Akemi disponibilizou, para seus alunos do 3.º ano, o “Sussurofone”. Esse excelente instrumento confeccionado artesanalmente com canos de PVC faz lembrar um telefone antigo e, apenas com o sussurro em um de seus orifícios retorna o som de modo a ser ouvido alto e claro.


 

 

LIVRO 0

O invencível Antonio é seu cavalinho de pau

Depois de finalizar a leitura do livro paradidático “O invencível Antônio é seu cavalinho de pau” a turma do 3.º ano confeccionou um cavalinho.

“Antônio faz aniversário. Entre carrinhos motorizados, robôs e outros brinquedos, está o presente do avô: um cavalinho de pau. A irmã acha o presente antiquado, mas Antônio se apaixona pelo cavalinho e faz dele seu companheiro das horas mais perigosas e ameaçadoras. A cada momento do dia ou da noite, o menino e seu cavaleiro enfrentam monstros horrendos sem nunca perder a coragem. Até que surge o pior de todos, o monstro que vai atacar o avô. Mas Antônio sabe que ele e o avô não precisam ter medo… Uma história terna sobre a relação entre um avô e seu neto, e sobre o poder da imaginação.


com-o-rei-na-barriga-col-do-re-mi-fa-D_NQ_NP_956928-MLB30424746998_052019-F

Com o Rei na Barriga

Nada melhor do que ter o apoio da família na vida escolar dos alunos. O projeto de contação de histórias “Pais e Filhos” permite que os pais interajam no ambiente de aprendizagem dos filhos de forma ativa, incentivando a leitura e criando vínculos afetivos fortes e saudáveis.

A leitura da semana foi o livro “Com o rei na barriga” – de Regina Drummond:

Sinopse do livro: “Raquel era linda e meiga, mas também esnobe e mandona. Cheia de vontades, tratava todos com arrogância, como se o mundo tivesse obrigação de servi- la. Mas, um dia, um acontecimento inesperado fez a menina cair na real e mudar de comportamento.”


 

Leia também:

http://www.vilaverde.g12.br/v2/projeto-pais-e-filhos/

 

Passeio Navio (0)

Logos Hope

Desde que chegou ao Porto de Santos no final de agosto, o navio Logos Hope vem sendo um dos passeios mais comentados da região, por ser a maior livraria flutuante do mundo. Nossos alunos não poderiam deixar de conhecer.


beast-beneath-the-bed (2)

Há um Monstro Embaixo da Minha Cama

Apaixonada por histórias infantis, a professora Ana Maria adora ler para seus alunos. Na história The Beast Beneath the Bed” as turmas do 1.º e 2.º anos riram e se assustaram, uma verdadeira viagem ao mundo dos sonhos.

À noite, quando já estou deitado e de pijama, escuto um barulho, barulho assustador, há um monstro embaixo da minha cama! O que será que vive embaixo da cama? Talvez seja um monstro assustador. Ou será uma fera irritante? Poderia ser também um novo amigo! 

Each night when warmly snuggled down, when dreams are swirling in my head, There comes a creepy, crawling noise, the Beast Beneath the Bed! Just what is the beast that lives under the bed? Perhaps it is a scary monster. Or could it be an annoying pest? Or maybe, just maybe, it could be a new friend! Includes audio for read-along fun.

Estudar inglês nos anos iniciais do Ensino Fundamental faz com que o aluno aprenda o novo idioma juntamente ao português, o que permite que o seu cérebro tenha mais facilidade para trocar de língua ao se comunicar do que quem só começa a conhecê-lo na fase adulta, quando já é um falante nativo consolidado.

Além disso, o estudo de inglês na infância também estimula as funções cognitivas das crianças — condição que é altamente positiva para o aproveitamento das outras disciplinas escolares. Assim, a capacidade de raciocínio é beneficiada, e até mesmo a integridade do seu cérebro passa a ser influenciada pelo processo de aprendizagem.

Quanto mais o nosso cérebro se exercita, recebe atividade, com mais rapidez ele se desenvolve. É como se ele se comportasse como um músculo, que quanto mais é trabalhado, mais cresce.

As crianças bilíngues têm a capacidade de antecipar a sua consciência metalinguística, os pensamentos de cálculo e lógica, e de se concentrar, podendo focar rápido para desempenhar as suas tarefas.


 

2.º ano Livro Fazenda Ponto Com (1)

Fazenda Ponto Com

No 1.º bimestre  os alunos do 2.º ano leram o livro “Fazenda Ponto Com”. N2.º ano Livro Fazenda Ponto Coma história, os animais de uma fazenda organizam uma festa surpresa para o fazendeiro. Para encerrar o projeto de leitura, a professora Deborah organizou uma festa na sala de aula.

“O que você pensaria se fosse convidado para uma festa de aniversário em uma fazenda globalizada? E nessa fazenda pudesse encontrar animais de todas as partes do mundo, desde uma vaca suíça até um canguru australiano? Escrito em forma de carta enigmática, o livro se transforma em uma divertida brincadeira, com todos os tipos de bichos, com todos os tipos de som. O aniversariante é o fazendeiro, que está muito feliz com a surpresa preparada pela bicharada. Aprontando sempre, os animais se conectam por meio de mensagens eletrônicas, não deixando ninguém de fora da grande festa. Venha se divertir também!”


2.º ano Livro Fazenda Ponto Com

5.º kaba darebu (0)

Munduruku

No material didático de geografia, os alunos do 5.º ano leram sobre o indígena Daniel Munduruku. Para enriquecer ainda mais a aula, a professora Viviane levou o livro paradidático “Kabá Darebu” que conta a história de uma criança indígena munduruku e sua rotina. A mensagem que o livro transmite é de que todos querem ser livres e que devemos respeitar as riquezas e costumes deles.


 

9.º 2019 a loucura (0)

A Loucura

Como projeto de leitura do 1.º bimestre, a professora Érica utilizou o tema sugerido pelo material didático Ser: A loucura. Após a leitura e o reconhecimento de alguns gêneros textuais, a turma do 9.º ano confeccionou um cartaz com imagens de instituições psiquiátricas e com palavras do campo semântico da loucura. O projeto contou, ainda, com a leitura do conto “O alienista”, de Machado de Assis, finalizando com a produção de poesias dos alunos.


7.º Roda de Leitura 4.º bim (0)

Roda de Leitura “O vírus desinformático”

Neste último bimestre, o livro paradidático lido pelos alunos do 7.º ano foi “O vírus desinformático”, do escritor Clive  Gifford, o autor tem mais de 170 livros publicados.

Em grupos, os alunos discutiram sobre o tema abordado e realizaram outras atividades relacionadas, sempre com a orientação do professor de língua portuguesa Flávio dos Santos.

“O barão Saul Dozso da K. Roça odeia tudo o que é moderno, principalmente as conquistas da ciência e da tecnologia. Em seu castelo, ele aperfeiçoa um “vírus desinformático”, com o qual pretende contaminar e exterminar todos os computadores do mundo. Felizmente, os Cientistas Loucos, liderados pelo professor G. Ninho, farão de tudo para impedi-lo.”