7º ano Roda de Leitura 2018 (5)

Roda de Leitura “Redações Perigosas”

Neste 1º Bimestre, os alunos do 7º ano leram o livro paradidático “Redações Perigosas” da paulista Tema Guimarães Castro Andrade. Em sala de aula, o professor de língua portuguesa Flávio dos Santos orientou os alunos, que em grupos trabalharam discutindo o enredo e produzindo uma sinopse e uma análise crítica da obra, destacando personagens e pontos principais.

Rosemeire pede a seus alunos que escrevam redações sobre suas férias. Os textos, além de abordar importantes questões próprias do atual universo adolescente, revelam algumas informações “perigosas”.


9º ano roda de leitura 2018 (5)

Roda de Leitura “Amar: Verbo Intransitivo”

Para a turma do 9º ano, o livro paradidático lido neste bimestre foi um clássico escrito originalmente por Mário de Andrade em 1927,  “Amar: Verbo Intransitivo”.  Porém, a escolha do professor de língua portuguesa Flávio dos Santos foi ler a adaptação em quadrinhos escrita por Ivan Jaff e desenhada por Guazzelli.

Os alunos trabalharam em grupos para discutir o enredo e produzir uma sinopse e uma análise crítica da obra, destacando personagens e pontos principais.

“Elza é contratada pelo industrial paulista Felisberto para educar os filhos segundo os costumes europeus, com aulas de piano e de alemão. Mas o real interesse dele ao levar a governanta para casa é que Elza cuide da iniciação sexual de Carlos, o primogênito. Dividida entre as aulas de amor e o desejo de receber o provento prometido para voltar para a Alemanha e se casar, Elza conquista as crianças ao mesmo tempo em que causa estranheza em Laura, a mãe delas. Com seu comportamento austero, a governanta alemã revoluciona a rotina na casa dos Sousa Costa. Nesta adaptação, o clássico Amar, verbo intransitivo é recontado em quadrinhos, preservando o impacto original que a obra causou em 1927 quando foi publicada pela primeira vez. Além da temática polêmica, o livro quebrava com as regras da gramática vigentes.”



6º ano roda de leitura 2018 (0)

Roda de leitura “O mistério da casa amarela”

O livro paradidático deste bimestre, “O segredo da casa amarela” foi lido pela turma do 6º ano e trabalhado em sala de aula pelo professor de língua portuguesa Flávio dos Santos. Por meio de pequenos grupos de discussão, os alunos produziram uma sinopse sobre o livro e uma análise crítica da obra, destacando personagens e pontos principais.

Giselda Laporta Nicolelis cria um thriller na medida certa para leitores adolescentes. Com toda a sua experiência como escritora, reúne peripécias e perigos dignos das melhores histórias de espionagem e de detetives, ambientados numa vila de pessoas modestas e trabalhadoras. Para desvendar o que está acontecendo na casa amarela em frente ao campinho onde nossos heróis costumam jogar bola, vale correr qualquer risco… É isso que fazem Wanderlei, Zarolho, Camaleão, Jaime e Pedro, uma turma de garotos xeretas, espertos, muito amigos entre si e que, quando não estão trabalhando ou estudando, não dispensam uma boa aventura, repleta de emoção e mistério.


Dia da Poesia 2018 (0)

Dia Mundial da Poesia

A professora Érica, de Língua Portuguesa, organiza evento comemorativo em razão ao Dia Mundial da Poesia. Alunos do Ensino Médio e Ensino Fundamental I declamam poesias nacionais, internacionais e até mesmo autorais. O evento é encerrado com a linda poesia cantada: Aquarela, de Toquinho.






 

 

 

3º médio poesia (1)

Poemas Modernistas

Alguns alunos da 3ª série do Ensino Médio recitaram poemas modernistas durante aula de literatura com a professora Érica:

  • Andorinhas (Manuel Bandeira). Aluno: Felipe Arruda.
  • A descoberta (Oswald de Andrade). Aluno: João Gustavo.
  • Gesso (Manuel Bandeira). Aluna: Laura.
  • Lundu do escritor difícil (Mário de Andrade). Aluno: Michael. 
  • Poema da Cachoeira (Oswald de Andrade). Aluna: Patrícia.
  • Poemas da amiga (Mário de Andrade). Aluna: Maria Vitoria.

3º médio poesia

 

3º ano Jogo das Sílabas (0)

Jogo das Sílabas

Sílaba é a unidade de som pronunciada de uma só vez. As sílabas agrupam-se para formar palavras. Sabendo disso, a turma do 3º ano confeccionou o JOGO DAS SÍLABAS, utilizando o material cartonado disponível no material didático de português.

Em duplas, os alunos deveriam procurar palavras que poderiam ser formadas com base em sílabas de outras palavras, por exemplo, se a carta sorteada for “macaco”, pode-se escolher na mesa a carta “cama”. O jogador ganhava um ponto a cada palavra encontrada. Caso o jogador não encontrasse a palavra, o colega à sua direita poderia tentar ganhar o ponto.

O objetivo do jogo foi trabalhar as sílabas separadas e também a formação de palavras a partir de uma sílaba sugerida pelo jogo.