7º ano Carta Pessoal 2018 (0)

Carta Pessoal

Sob a responsabilidade do professor de língua portuguesa, Flávio dos Santos, a turma do 7.º ano foi até uma agência dos Correios da cidade, postar as  cartas que escreveram para pessoas queridas, mas que estão distantes geograficamente.

Essa proposta teve o intuito de resgatar o prazer em escrever cartas, hábito tão comum algumas décadas atrás, mas esquecida após o surgimento da internet e das redes sociais.


2º ano - Ditado Doce (0)

Ditado Doce

Alunos do 2º ano participar de um delicioso ditado. Cada participante escolhia um envelope e dentro dele continha uma palavra que deveria ser completada com QU  ou GU.  Depois de preencher com o que achavam correto, liam para os colegas. Caso acertassem ganhavam uma bala.


 

4º ano - Livro Paradidático (0)

Nós, os cegos, enxergarmos longe

Momento de leitura do livro paradidático do 2º Bimestre dos alunos do 4º ano.

O livro “Nos, os cegos, enxergamos longe” foi escrito pelo austríaco Franz-Joseph Huainigg e ilustrado pela alemã Verena Ballaus. A sinopse do livro:

“Era dia de liquidação de roupas e calçados na cidade. Catarina se perdeu dos pais na multidão e ficou chorando na frente de uma loja. Ninguém parecia ver a menina. De repente, um rapaz cego chamado Matias se aproximou e se dispôs a ajudá-la. Confusa e admirada, Catarina percebeu que, do seu jeito, Matias era capaz de ‘enxergar’ melhor do que muita gente. Mesmo sendo cego.”


Ensino Médio - Abertura Carta para o Futuro 2018 (0)

Abertura Carta para o Futuro – 9º ano / 3ª série

Após três anos de espera, os alunos que, em 2015 estavam no 9.º ano e, agora, estão no último ano do Ensino Médio, fizeram a abertura da caixa do projeto “Carta para o Futuro”, proposto pelo professor Flávio dos Santos.

A abertura foi feita no período da tarde e, por esse motivo, nem todos os alunos puderam estar presentes; além de alguns já não fazerem parte do corpo estudantil do colégio. Os alunos ficaram emocionados em reaver suas lembranças.

Para jovens em processo de transformação e amadurecimento, três anos é um tempo que determina muitas e profundas mudanças, impossível não se sentir comovido ao reler a própria carta.



Leia mais:

http://www.vilaverde.g12.br/v2/confeccao-carta-para-o-futuro-2/

http://www.vilaverde.g12.br/v2/projeto-carta-para-o-futuro-2018-e-2019-2/

 

2º ano Ditado Molhado (0)

Ditado Molhado

Alunos do 2º ano participam de um ditado molhado. Eles escolhiam as fichas de palavras num pote cheio de bolinhas de gel. As palavras eram sobre a ortografia aprendida: R inicial, R brando e RR. Escolhiam a palavra, liam para a classe e escreviam no caderno montando uma tabela. Foi uma atividade bastante divertida.


7º ano Roda de Leitura 2018 (5)

Roda de Leitura “Redações Perigosas”

Neste 1º Bimestre, os alunos do 7º ano leram o livro paradidático “Redações Perigosas” da paulista Tema Guimarães Castro Andrade. Em sala de aula, o professor de língua portuguesa Flávio dos Santos orientou os alunos, que em grupos trabalharam discutindo o enredo e produzindo uma sinopse e uma análise crítica da obra, destacando personagens e pontos principais.

Rosemeire pede a seus alunos que escrevam redações sobre suas férias. Os textos, além de abordar importantes questões próprias do atual universo adolescente, revelam algumas informações “perigosas”.


9º ano roda de leitura 2018 (5)

Roda de Leitura “Amar: Verbo Intransitivo”

Para a turma do 9º ano, o livro paradidático lido neste bimestre foi um clássico escrito originalmente por Mário de Andrade em 1927,  “Amar: Verbo Intransitivo”.  Porém, a escolha do professor de língua portuguesa Flávio dos Santos foi ler a adaptação em quadrinhos escrita por Ivan Jaff e desenhada por Guazzelli.

Os alunos trabalharam em grupos para discutir o enredo e produzir uma sinopse e uma análise crítica da obra, destacando personagens e pontos principais.

“Elza é contratada pelo industrial paulista Felisberto para educar os filhos segundo os costumes europeus, com aulas de piano e de alemão. Mas o real interesse dele ao levar a governanta para casa é que Elza cuide da iniciação sexual de Carlos, o primogênito. Dividida entre as aulas de amor e o desejo de receber o provento prometido para voltar para a Alemanha e se casar, Elza conquista as crianças ao mesmo tempo em que causa estranheza em Laura, a mãe delas. Com seu comportamento austero, a governanta alemã revoluciona a rotina na casa dos Sousa Costa. Nesta adaptação, o clássico Amar, verbo intransitivo é recontado em quadrinhos, preservando o impacto original que a obra causou em 1927 quando foi publicada pela primeira vez. Além da temática polêmica, o livro quebrava com as regras da gramática vigentes.”



6º ano roda de leitura 2018 (0)

Roda de leitura “O mistério da casa amarela”

O livro paradidático deste bimestre, “O segredo da casa amarela” foi lido pela turma do 6º ano e trabalhado em sala de aula pelo professor de língua portuguesa Flávio dos Santos. Por meio de pequenos grupos de discussão, os alunos produziram uma sinopse sobre o livro e uma análise crítica da obra, destacando personagens e pontos principais.

Giselda Laporta Nicolelis cria um thriller na medida certa para leitores adolescentes. Com toda a sua experiência como escritora, reúne peripécias e perigos dignos das melhores histórias de espionagem e de detetives, ambientados numa vila de pessoas modestas e trabalhadoras. Para desvendar o que está acontecendo na casa amarela em frente ao campinho onde nossos heróis costumam jogar bola, vale correr qualquer risco… É isso que fazem Wanderlei, Zarolho, Camaleão, Jaime e Pedro, uma turma de garotos xeretas, espertos, muito amigos entre si e que, quando não estão trabalhando ou estudando, não dispensam uma boa aventura, repleta de emoção e mistério.