Coletanea Textos 2018 (0)

Coletânea Textual 2017

Em 2017, os alunos do Ensino Fundamental II confeccionaram sob a orientação do professor Flávio dos Santos, uma coletânea dos textos escritos durante o ano letivo. O resultado foi um encadernado personalizado que cada aluno levou para casa.


parodia

Minha Saudade

Paródia produzida em 2018 pela aluna Thaís, do 9.º ano, nas aulas de Técnica de Redação, sob a orientação do professor Flávio dos Santos.

Minha Saudade

Minha terra tem muitos rios

Rios belos e profundos

Que poucos tiveram a oportunidade de vê-los

Não há nada igual no mundo.

Nossa selva tem mais vida

Nossos campos têm mais flores

Nossos rios têm mais peixes

Nossos peixes têm mais cores.

Ao amanhecer, me vejo lá

Tentando ouvir os pássaros…

Minha terra tem muitos rios

Rios belos e profundos.

Minha terra tem belezas

Que tais não encontro eu cá.

Ao amanhecer, me vejo lá

Tentando ouvir os pássaros.

Minha terra tem muitos rios

Rios belos e profundos.

Não permita Deus que eu morra

Sem que eu volte para lá

Sem que desfrute as belezas

Que não encontro por cá.

Sem que ainda aviste os rios

Que correm por lá.

9.º 2019 a loucura (0)

A Loucura

Como projeto de leitura do 1.º bimestre, a professora Érica utilizou o tema sugerido pelo material didático Ser: A loucura. Após a leitura e o reconhecimento de alguns gêneros textuais, a turma do 9.º ano confeccionou um cartaz com imagens de instituições psiquiátricas e com palavras do campo semântico da loucura. O projeto contou, ainda, com a leitura do conto “O alienista”, de Machado de Assis, finalizando com a produção de poesias dos alunos.


9.º 2019 ciências química (0)

Propriedades da Matéria

A turma do 9.º ano participou de uma aula prática de química com a professora Mariana. Durante o experimento, os alunos estudaram as propriedades gerais e específicas da matéria como: impenetrabilidade, massa e volume. Os resultados foram registrados em relatórios elaborados pelas equipes de trabalho.


Thanksgiving 2018 (0)

Thanksgiving 2018

O “Thansksgiving” é uma comemoração tipicamente americana em que familiares e amigos se reúnem para agradecer todas as coisas boas que receberam.

Em nosso colégio, alunos, professores e equipe de funcionários participam de diversas apresentações com o intuito de agradecer. Em seguida, desfrutam de um delicioso café da manhã.


9.º ano - Ellion bicampeão (0)

Medalha de Ouro

Conforme publicado recentemente, nosso aluno Ellion Santana vem se destacando na área esportiva com a prática do iatismo. Dessa vez, sua conquista aconteceu no Iate Clube de Brasília, onde obteve a medalha de ouro na disputa do 33º Campeonato Brasileiro de Vela, classe Dingue, categoria juvenil, com a parceria de Ésdras Santana de Jesus.

Mais uma vez parabenizamos nosso atleta!


Leia também: Aluno Destaque

 

 

Minha terra

Minha terra tem o que muitas não têm

Paródia produzida pela aluna Thaís, do 9.º ano, nas aulas de Técnica de Redação, sob a orientação do professor Flávio dos Santos.

Minha terra tem o que muitas não têm

Minha terra tem universidades
Onde todos querem estudar.
As árvores que aqui balançam
Não balançam como lá.
Nosso frio é mais intenso
Nosso trânsito lamentável
Nossas ruas mais emprego
Mais emprego, mais dinheiro.
Vivia, sozinha, em casa
Única opção era trabalhar.
Minha terra tem universidades
Onde todos querem estudar.
Minha terra tem poluição
Onde não encontro em outro lugar.
Vivia, sozinha, em casa
Única opção era trabalhar.
Minha terra tem universidades
Onde todos querem estudar.
 *
Não permita Deus que eu morra
Sem que eu volte para lá.
Sem que eu sinta um pouco mais daquela poluição
Que só encontro por lá.
 
Minha terra tem universidades
Onde todos querem estudar.
9.º ano propaganda (6)

Propaganda para o Cinema

Proposta feita pelo professor Anderson, na disciplina de arte, para que os alunos do 9.º ano elaborassem um cartaz de propaganda de algum filme de animação, 3D, desenho animado ou live-action.


CANÇAO DA SAUDADE

Canção da Saudade

Paródia produzida pela aluna Luísa, do 9.º ano, nas aulas de Técnica de Redação, sob a orientação do professor Flávio dos Santos.

Canção da Saudade

Minha terra tem campo,
Onde tem plantação;
As vacas que aqui mugem
Não mugem como lá.

Nosso campo tem mais mato,
Nossas vacas têm mais leite,
Nossas geladeiras têm mais queijo,
Nossas galinhas têm mais pena.

Em lembrar, do pôr do sol,
Mais alegria eu encontro lá.

Minha terra tem mais queijo,
Onde mugem as vaquinhas.
Minha terra tem pessoas
Que tais não encontro cá.

Em lembrar, do pôr do sol,
Mais alegria eu encontro lá.
Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute dos queijos
Que não encontro por cá.